quinta-feira, 19 de novembro de 2009

Didier Drogba


Sem sombras de dúvidas, o argentino Lionel Messi vai ser considerado o melhor do mundo esse ano. Mas estive pensando em um jogador que anda arrebentando. Didier Drogba. O jogador do Chelsea vem jogando muito. Não é aquele ataque fixo e brigador que fica dentro da área. Nessa temporada ele vem sendo o principal assistente da equipe e o goleador da equipe. Além de fazer gols de falta, perna direita, esquerda e gols de cabeça. Mas para ser o melhor do mundo, a equipe tem que ter resultados. Ele mantendo esse ritmo e levando o Chelsea ao título do Campeonato Inglês (tem cinco pontos de vantagem do Manchester United e Arsenal, o Arsenal com um jogo a menos) classificado para a segunda fase da Uefa Champions League e, vai disputar a Copa do Mundo com a seleção de Costa do Marfim. Seleção desconhecida por nós, mas que está afiadissíma para a Copa do Mundo (falta cair numa chave não tão difícil igual a última Copa, mas acredito que chegará nas oitavas e até quartas de final).
Há quem diga que é a vez do sueco Slatan Ibrahimovic levar. Mas acredito que, a próxima temporada será de Didier Drogba.

segunda-feira, 19 de outubro de 2009


A equipe de futebol feminina do Santos foi campeã da Libertadores neste domingo. Lideradas pela craque mundial Marta, o Santos goleou o time Universidad Autónoma, equipe paraguaia por míseros 9x0.
Mas essa postagem não é para parabenizar a equipe santista. É para soltar uma bela frase me disseram hoje:
Até o time feminino do Santos tem Libertadores e o Corinthians não.
Rá!


sábado, 10 de outubro de 2009

"Boca"


Argentina x Peru

Argentina empatava com o Peru. Argentina estava tomando pressão e dificultando sua ida para à Copa do Mundo. Não que eu estava torcendo contra mas, é bacana ver os hermanos sofrendo um pouco né.
Quando eu digo na sala: se Palermo fizer um gol, não tem como o Maradona não levá-lo para à Copa.
Quando o jogador do "Boca" Juniors fez o gol no último minuto do jogo. Ah, e ele estava em impedimento.
Às vezes eu tenho que ficar de "boca" fechada.

quinta-feira, 1 de outubro de 2009

Atuações

Para mim um bom filme começa por um bom roteiro. E, um diretor que entenda esse bom roteiro e o coloque em prática. Não que um produtor, fotógrafo, montador e etc, não sejam importantes. Mas para mim é Roteiro-Diretor.
E quando se acha estes dois elementos é aí que começam a bater a cuca. Um ator para aquele papel. E dependendo de qual ator for escolhido, começam os rumores. Se aquele ator é qualificado para tal papel. Se sua atuação não vá estragar o filme. Sem mais delongas, vou citar duas atuações que me deixaram embasbacado com as suas divinas interpretações.


Jamie Foxx

Ray Charles foi um grande cantor, e um grande pianista e, era cego. Eu não sei cantar, e concerteza iria apanhar para aprender a tocar piano (nunca tentei). Interpretar um músico de sua grandeza não é para qualquer um. Aprender a tocar um instrumento em poucos mêses além de cantar e, com os olhos vendados. Fácil? Não! Jamie Foxx treinou com o Ray Charles algumas músicas. Sempre com os olhos vendados (só para lembrar). Só para ressaltar. Quando assisti o filme, não vi Jamie Foxx interpretar um músico. Era como se eu estivesse vendo o próprio músico no filme. Sua semelhança e seu jeito eram iguais a de Ray Charles. A carreira de Foxx cresceu depois dessa excelente atuação. Sem sombras de dúvida.



Heath Ledger

Quando acabou o filme acabou o filme Batman Begins, e Jim Gordon mostrou a carta do Coringa para o Batman quase surtei. Christopher Nolan fez um grande filme do recomeço da série do Batman. E a sequência teria o Coringa ainda. Na época eu achava que não iria aguentar três anos para o filme sair. Seria uma agonia. Antes uma coisa. Quem interpretará o Coringa. Vários rumores de Johnny Depp a Robin Williams. Até que escolheram Heath Ledger. Heath Ledger? Já tinha assistido vários filmes dele, e sabia que era um ator de talento. Vários fãs do mundo inteiro questionaram a decisão de Nolan. Confesso que queria ver o resultado antes de criticar. Eu confiava em Nolan, não por Batman Begins, já tinha visto outros trabalhos dele, e sabia que algo havia na decisão dele. Veio então uma foto de testes apenas. Depois o teaser trailer, só com as vozes de Bruce Wayne, e Alfred, no fim a voz do Coringa. Só pela voz dava para perceber que ele havia entrado no personagem. Ele ficou um mês treinando a fisionomia, a voz e até o jeito de andar. Veio o trailer. Finalmente. Já sabia pelo trailer que algo diferente estava acontecendo. E quando vi o filme, na minha modesta opinião, uma das melhores atuações que vi. Não acreditava que alguém interpretou tão bem um personagem assim. O filme deveria se chamar "Joker, Why So Serious?". Infelizmente Ledger morreu, não viu a grandeza que fez. Perguntaram certa vez a Nolan. Por que Heath Ledger. "Ele era destemido". Com certeza uma boa escolha, matou a dúvida de várias pessoas.
Até hoje vejo várias vezes o filme. E cada vez que assisto, continuo impressionando cada vez mais.

quinta-feira, 24 de setembro de 2009

Satisfação virtual

Quem não se recorda dos nossos amiguinhos Teletubbies. Aposto que tinha um monte de gente que teve uma vontade louca de tacar algo na TV quando via essas figuras. E que tal dar uns tiros de calibre doze e tacar fogo neles e, uma bombinha também caí bem né? No jogo Left 4 Dead nossos amiguinhos estão em versão de zumbis, e quem quiser matar suas satisfações é só ficarem à vontade. Confesso que estou louco para jogar este jogo.


video

sábado, 19 de setembro de 2009

O Homem dos Círculos Azuis



Jean-Baptiste Adamsberg, é um delegado um tanto incomum. Costuma fazer rabiscos em papeis em cima de sua perna. Costuma chegar à delegacia atrasado, não pelo simples fato de se atrasar, digamos que ele é enrolado mesmo. Ele investiga um caso diferente. Quase toda manhã em Paris, um círculo azul é encontrado. Dentro do círculo, objetos curiosos. Um pombo morto, um brinco, uma pinça de sobrancelhas, uma cabeça de boneca, um cocô de cachorro, uma vela, uma touca de natação, uma bolsa e etc. Em volta dos círculos a seguinte frase "O Bento, seu azarento, na rua com esse vento". Adamsberg leva o caso a sério, achando que o homem dos círculos pode ser perigoso. Danglard o investigador que trabalha com Adamsberg não vê necessidade nesse caso, mesmo tendo grande respeito por Adamsberg.
Até que um dia, dentro do círculo encontra-se uma cabeça de uma mulher degolada, com os olhos voltados para o céu. Em volta do círculo a mesma frase.
Personagens engraçados, uma oceanógrafa, um cego e uma velhinha que procura um grande amor pelos classificados, são alguns dos suspeitos. Ou alguém aproveitando-se da "fama" do homem dos círculos e aproveitou-se da situação?
O livro tem uma leitura gostosa (para quem gosta de ler). O legal também, é que todos dizem o que pensam na frente da pessoa, e a outra pessoa não liga por alguém dizer a pura verdade na sua face. Seria fácil se algumas pessoas respeitassem a opinião dos outros né. Mas isso não tem importância, da autora francesa Fred Vargas, O Homem dos Círculos Azuis, é um livro que a cada página, você acaba gostando mais de Adamsberg e fica curioso para saber quem é o homem dos círculos.

sexta-feira, 7 de agosto de 2009

Muita hora nessa calma

Muitas vezes esperamos por algo, e quando finalmente chega a hora, estamos tão empolgados e desligados, que esquecemos algo.
Eis um exemplo cômico mostrando isso.




video

quinta-feira, 2 de julho de 2009

Curiosidades gaúchas

O futebol, às vezes nos proporciona curiosidades interessantes.
Grêmio e Internacional estavam em boa fase (disse estavam, vai saber agora).
No jogo do dia 17/06 o Inter finalista da Copa do Brasil foi fazer seu primeiro jogo da final, fora de casa contra o Corinthians. Com gols de Jorge Henrique aos 26 minutos do primeiro tempo, e Ronaldo aos 8 minutos do segundo tempo, o Corinthians bate o Inter dentro de sua casa, mas, havia o segundo jogo.
O Grêmio semi-finalista da libertadores foi à Belo Horizonte, no dia 24/06 enfrentar a equipe do Cruzeiro. Com gols de Wellington Paulista aos 37 minutos do primeiro tempo Wagner no primeiro minuto do segundo tempo e Fabinho aos 22 minutos do segundo tempo abriram uma boa vantagem contra o rival gaúcho. Só que Souza aos 34 minutos do segundo tempo desconta o placar fazendo assim 3x1.
Ambos os times gaúchos perderam por dois gols de diferenças.
Ambos os times gaúchos iam decidir o jogo em Porto Alegre, só que em estádios diferentes, lógico, e dias diferentes.
No jogo do dia 01/07 o Inter era favorito. Mano Menezes dizendo a frase que todos os técnicos dizem, que tentaria segurar o Inter nos primeiros 15 minutos.
Jorge Henrique aos 20 minutos e André Santos aos 28 minutos, ambos no primeiro tempo, abriram uma vantagem larga contra o rival. Assim o Inter precisava fazer 5 gols.
Alecsandro aos 25 e 29 minutos do segundo tempo conseguiu empatar o jogo. Porém de nada conseguiu fazer, além de perder a cabeça, e, perde o título.
No dia 02/07 foi a vez do Grêmio tentar reverter o placar. Mas, Wellington Paulista aos 34 e 36 minutos do primeiro tempo, faz como fez o Corinthians, abre uma boa vantagem.
No segundo tempo o Grêmio precisa fazer também, 5 gols, e consegue, imaginem dois gols. Réver aos 9 e Souza aos 29 minutos do segunto tempo empata o jogo, mas de nada serve.

Grêmio e Inter perdeu por dois gols fora de casa no primeiro jogo.
Começaram perdendo por 2x0 no primeiro tempo os jogos em casa.
Empataram no segundo tempo.

Wellington Paulista e Jorge Henrique abriram o placar em ambos os jogos.

Acho que é só, preguiça de pensar mais, é meu aniversário e chega.

Quem tiver mais curiosidades pode falar.
Obrigado desde já.



terça-feira, 9 de junho de 2009

Fundamentalismo neo-liberalismo


Bom, faz algum tempo que não posto, vou falar de filosofia hoje. Uma resposta que dei numa aula de filosofia, espero comentários.

O fundamentalismo não se trata apenas do termo religioso.
É cultura, ciência, política, economia e artes.
O neoliberalismo, nos apresenta uma solução única.
Para que todos os países, que todos precisam consumir.
O acumulo de bens e serviços de uns, injustiças e exploração de outros.
A natureza também sofreu com esse processo, surgindo o desmatamento.
Aonde está o fundamentalismo no modelo ecônomico neoliberal.
Para mim está no materialismo e no dinheiro, colocando em nossa mente que precisamos consumir.
E alguns não se importando nas consequências para vender, cada um pensando no seu ego e não procurando alternativas boas para uma globalização, pois a união dos povos é quase inexistente, cada um tem uma verdade, e a de outros são ignoradas.